Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

Olá. Era só para postar amanhã, confesso. Mas pronto, deu-me vontade de escrever e aqui estou eu. Este capítulo vai ser dedicado à Cαтну, pois ela têm uma Fic sobre o Robert Pattinson que eu adoro, apesar de estar numa fase triste (que me faz choramingar). Um enorme beijinho a todos os leitores, e espero que gostem do novo capítulo.

 

Jacob Black:

 

Costela partida. Gemo de dores, maldita vampira em miniatura com aquele poder demoníaco. Bastava ela olhar para mim para eu sentir as piores dores da minha vida. Ela levou, magoando-a, a minha Nessie. Tenho de re-colocar a minha costela no sítio. Lentamente, levanto-me e coloco a mão na parte esquerda do meu corpo, apertando-a com força. Oiço um sonoro estalar, mas sinto a minha dor a diminuir. Assim, consigo voltar à minha forma de lobo, com muito custo, mas quero ir atrás daquela vampira pirralha e mostrar-lhe que eu sou um osso duro de roer. Que ela não tem o direito de tocar na minha namorada perfeita, o centro do meu universo. Desato a correr pela imensa floresta, sentindo o cheiro da minha amada misturado com Jane. Quando chego à fronteira entre a floresta e o extenso areal, deparo-me com a cena mais revoltante da minha vida.

 

-"Oh Renesmee, ou estás bem quieta e calada, ou eu mostro-te o meu olhar preferido." - proferia Jane, com um voz estridente.

 

-"Larga-me Jane, deixa a minha família em paz. Eu não tenho medo de ti." - proferia a minha corajosa Nessie. -"Faz o teu melhor."

 

E assim ela o fez, apesar do rosnar de irritação da família Cullen. Eles não podiam fazer nada, pois sabiam se tentassem algo, Jane facilmente mataria Renesmee antes deles conseguirem acabar com ela. Bella gemia de dor, com o ar mais enfurecido que eu já vi na expressão dela. Edward estava com os punhos cerrados e com o olhar negro, sedento de vingança. Jane encontrava-se de costas para mim e olhava para Renesmee como um brinquedo. Aro, Alec e Demetri encontravam-se perto do oceano, mas maravilhados com a tortura que Jane impunha à minha amada. Eles queriam os Cullen, mais do que ninguém. E sabiam que estavam a destruir o ponto mais fraco destes, a amada filha, neta e sobrinha. Tive uma ideia. Os meus pensamentos. Edward, ouve-me.

 

«Por favor, eu sou o único que consigo alcançar a Jane. Mas para isso vais ter de dizer à Bella para ela recolher o escudo e lançá-lo sobre mim, no momento exacto em que eu começar a correr pela areia, senão ela ataca-me e ainda me parte outra costela. Se ouviste, acena levemente com as sobrancelhas.»

 

E assim ele o fez, suspirei de alívio. Notei que ele comunica com Bella bastante baixo e vi que o olhar dela se direcionou para o local onde eu estava. Começei mentalmente a fazer a contagem decrescente, para Edward ouvir. Quando cheguei ao zero, começei a correr em direcção a Jane e senti o escudo a rodear-me. Jane olhou para mim maliciosamente, para depois ficar furiosa ao ver que não me afectava. Ela nem teve tempo de reagir. Cravei-lhe os dentes com força no braço direito, fazendo com que ela solta-se Nessie; Os Cullen desataram a correr em direcção a Aro, Alec e Demetri e estes fugiram, ao sentir o poder mental de Bella rodear o clã, Renesmee e a mim. Jane contorcia-se de dor, enquanto que eu a desfazia em mil pedaços. Quando vi que esta se encontrava totalmente desfeita, voltei à minha forma humana e gritei:

 

-"Edward, Bells, preciso de fogo, para acabar com esta criatura horripilenta!"

 

Foi Bella quem chegou primeiro com um isqueiro dourado. Trazia um sorriso vitorioso, pois ela nutria por Jane ódio.

 

-"Jane, Jane, Jane...Diz adeus à tua imortalidade. Vingança minha querida. Por Edward, por Bree, por Renesmee, por Jacob...por mim."

 

Accionou o isqueiro e pegou-lhe fogo, formando-se uma enorme nuvem de vapor no meio do areal. Enquanto o lume crepitava, direcionei o meu olhar em busca da minha amada, abraçando-a logo de seguida.

 

-"Oh, Nessie, desculpa meu amor por não te ter protegido na floresta, desculpa..." - murmurava eu, entre beijos e abraços cheios de emoção.

 

-"Jacob, tu protegeste-me. E não à maior prova de amor do que essa. Eu amo-te."

 

-"Oh...que carinhoso...a minha sobrinha e o Fido cada vez mais apaixonados, que amoroso, que fofinho, que..."

 

-"CALA-TE EMMETT!" - proferiram todos os Cullen, em simultâneo.

 

E assim ele o fez. Mas ele tinha razão. A cada dia que passa, o Fido, mais conhecido por Jacob Black, está a cada dia que escorre, mais apaixonado pela mulher da sua vida, que se dá pelo nome de Renesmee Carlie Cullen. A Nessie que agora sinto perfeitamente nos meus lábios.



publicado por Isabela às 22:28 | link do post | favorito

De savannah w. a 1 de Setembro de 2010 às 23:36
vi liebe xDD
essa era escusada ._.
beijinhos ♥


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Catheline, fanfiction.
♥ apresentação
Uma Fic, entre tantas outras; uma história de amor, acção, amizade e ódio; Uma fã de saga Twilight a escrever a sua continuação de Breaking Down. Espero que gostem, sejam bem-vindos, Catheline.
posts recentes

Esta semana preparem-se.....

Um simples pedido de desc...

Capitulo 29: Paris (Parte...

Capítulo 28: A ilha

Capítulo 27: Planos

Capitulo 26: Coração (Con...

Capítulo 26: Coração

Capítulo 25: És a minha v...

Capítulo 24: Corações pal...

Capítulo 23: Alec Volturi

Olá caros leitores...

Capítulo 22: Sangue Derra...

Capítulo 21: A escolhida ...

Capítulo 20 - Imprinting

19º Capítulo - Sentença

18º Capítulo - Musica, da...

17º Capítulo - Somos idên...

16º Capítulo - Observados...

15º Capítulo - Sou louco ...

14º Capítulo - Não Emmett...

arquivos

Junho 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

links